A sua embarcação precisa de algumas manutenções, limpeza e conservação para estar sempre nova. A simples lavagem não é tão suficiente para protegê-la das influências climáticas e dos materiais que incidem diretamente sob a embarcação, como os raios UVA e UVB, maresia, chuva ácida, sujeira de portos, água salgada, areia, terra e vários outros fatores. Existem alguns procedimentos e produtos específicos para ajudar você a proteger a sua embarcação da melhor forma possível.

Enxágue o para-brisas completamente com água limpa para remover qualquer poeira, partículas de sujeira, água salgada ou agentes ambientais antes de aplicar produtos de limpeza.

Use muita água para remover qualquer sujeira ou partículas estranhas.

Isso deve ser feito com frequência para evitar a acumulação de água salgada, sujeira e outros contaminantes ambientais.

Utilizando um pano macio não abrasivo, lave as janelas por dentro e por fora com sabão neutro.

Nunca use um pano seco ou soluções de limpeza de vidro.

Não use solventes como acetonas, spray de silicone, benzeno, tetracloreto de carbono, fluido extintor de incêndio, fluido de limpeza a seco, diluente de verniz, soluções de limpeza de vidro contendo amoníaco.

Peças de aço inoxidável são resistente à corrosão, mas ainda requer manutenção para manter sua aparência. Limpeza de rotina freqüente com água de sabão suave e cera de limpeza vai ajudar a manter o acabamento.

Lave com sabão neutro e água fria ou morna.

Secar cuidadosamente.

Aplique a cera de limpeza com um pano macio e seco.

Não use:

  • Limpadores abrasivos, detergentes ou almofadas abrasivas, escovas ou esponjas.
  • produtos químicos, ácidos ou produtos de limpeza que contenham agentes corrosivos (sem água sanitária!).
  • Limpadores de prata.

Coloração acastanhada pode ocorrer em peças de aço inoxidável causada por impurezas na água e no ar, mas podem ser facilmente limpo com um polidor de boa qualidade usando uma esponja, pano ou escova de cerdas pequenas (para cantos e recantos).

Os catamarãs NOMAD são originalmente equipados com hélices que nossos testes mostraram ser os mais adequados para uso geral em condições normais e carga. Em geral, a mudança para uma hélice de passo inferior aumentará a aceleração e a capacidade de puxar carga, mas com uma ligeira diminuição na velocidade máxima. Por outro lado, o movimento para uma hélice de passo mais alto atingirá uma velocidade superior superior com uma carga leve, mas sacrificará a aceleração e a potência. Seus requisitos específicos devem ser discutidos com seu revendedor Mastro D'Ascia.

Manter os motores alinhados, garante a maior eficiência e controle, proporcionando o melhor funcionamento do conjunto. Mantenha os motores sempre alinhados. Caso verifique alguma alteração proceda conforme o procedimento a seguir.

Motores abertos

Motores afastados:

Gire o volante para boreste até os motores chegarem no fim de curso. Abra a válvula de alinhamento localizada no vão central entre os motores. Continue girando para boreste até o motor de boreste alcançar o de bombordo. Feche a válvula e confira o alinhamento.
Motores fechados

Motores próximos:

Gire o volante para bombordo até o fim de curso. Abra a válvula localizada entre os motores. Gire novamente para bombordo até o motor de bombordo alcançar o mesmo alinhamento do motor de boreste. Feche a válvula e confira o alinhamento.

Suas baterias devem ser sempre fechadas nas caixas de bateria fornecidas com o seu barco. Por estarem protegidas com tampas plásticas evita-se o risco de contato com o bornes e consequente risco de curto-circuito.

Para evitar corrosão nos conectores ligados a bateria mantenha os mesmos cobertos por vaselina sólida.

Nunca deixe as baterias descarregarem por completo. Se isto acontecer pode ocasionar dano permanentemente a bateria reduzindo sua vida útil.

Teste o acionamento das bombas de porão. Estas devem acionar tanto pelo botão de painel como pela bóia do automático.

Verifique se o porão está limpo e livre de partículas que possam vir a obstruir a captação de água.

Confira a fiação que deve ter qualquer emenda isolada e longe da água. Qualquer fio condutor que tenha conectores ou emendas expostas a água deverão ser substituídos.

Verifique se as mangueiras conectadas as bombas estão intactas, sem furos ou dobras e que não exista nenhuma obstrução ao fluxo de água.

Importante verificar se o automático está longe de qualquer mangueira, fio ou qualquer outro material que possa interferir em seu funcionamento.

Inspecione todo o sistema de combustível. Verifique o aperto de abraçadeiras e fixação de filtros e conexões.

Qualquer mancha em torno de conexões pode indicar vazamento e deve ser investigado.

Troque os filtros de combustível a cada 100 horas de uso ou a cada ano. Sempre o que ocorrer primeiro.

Tenha certeza que tampas de inspeção dos tanques estejam apertadas completamente, garantindo a vedação.


Lanchas catamarã fabricadas por infusão a vácuo, processo em que todas as fibras são coladas em alta pressão com a quantidade exata de resina, o NOMAD fica MAIS FORTE e MAIS LEVE. Graças ao desenho de casco extremamente eficiente e a leveza do conjunto fabricado com os melhores materiais e métodos construtivos, os números de desempenho são surpreendentes. Como resultado tem-se um produto MAIS ECONÔMICO e com MAIOR AUTONOMIA. Casco e convés são construídos em material composto com núcleo em espuma de PVC e fibras direcionais com reforços adicionais nos pontos de maior esforço. Ao eliminar a madeira de peças estruturais tem-se um produto muito MAIS DURÁVEL, que manterá suas características de peso e resistência por muito mais tempo.